Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vereadora chama Lívia de “cara de pau” e Chiquinho de “agressor de mulher” - Rádio Litoral FM


No comando: PLAYLIST

Das 6:00 às 10:00

No comando: Roberto Carlos e amigos

Das 6:30 às 7:00

No comando: Madrugada Litoral

Das 00:00 às 06:00

No comando: Manhã Litoral

Das 06:00 às 6:30

No comando: Sábado Litoral

Das 06:00 às 10:00

No comando: Bom Dia Litoral

Das 07:00 às 11:00

No comando: Só se for Samba

Das 10:00 às 13:00

No comando: Rádio Show Litoral

Das 11:00 às 15:00

No comando: Sucesso da Hora

Das 13:00 às 14:00

No comando: Litoral do Seu Jeito

Das 15:00 às 18:00

No comando: PLAYLIST

Das 16:00 às 19:00

No comando: PLAYLIST

Das 16:00 às 20:00

No comando: TOP 10

Das 18:00 às 19:00

No comando: Top World

Das 19:00 às 20:00

No comando: Balada Mix Litoral

Das 19:00 às 21:00

No comando: Litoral Light

Das 19:00 às 21:00

No comando: Domingo Litoral

Das 20:00 às 00:00

No comando: Disco Night

Das 20:00 às 22:00

No comando: Litoral na Pressão

Das 21:00 às 22:00

No comando: Voz do Brasil

Das 21:00 às 22:00

No comando: Love Times Litoral

Das 22:00 às 23:59

Vereadora chama Lívia de “cara de pau” e Chiquinho de “agressor de mulher”

Foto: Divulgação

 

A vereadora de Araruama Penha Bernades voltou a criticar, duramente, em discurso na câmara na sessão de ontem, a prefeita Lívia Belo e o marido dela, o ex-prefeito Francisco Ribeiro, o Chiquinho da Educação.
Penha classificou o governo de Lívia de irresponsável e disse ser Chiquinho o verdadeiro prefeito. A vereadora acusou o ex-prefeito de dever milhões em impostos ao município, não ter moral e ser agressor de mulheres.
Penha Bernardes ainda chamou a prefeita de cara de pau por desativar os leitos do Hospital de São Vicente. Elas classificaram de inadmissível a tentativa do governo de rebaixar a unidade, que já foi referência em saúde, a um postinho.

PASTOR CRITICA FECHAMENTO DE LEITOS – O pastor Carlos Corrêa, morador de São Vicente de Paula, em Araruama, classificou, em vídeo que circula nas redes sociais, de inadmissível a transformação do Hospital, que já foi referência no Estado, em ambulatório.
O pastor lembra que São Vicente tem cerca de 33 mil habitantes, mas moradores de Sobara, Três Vendas, Agrisa, Sobradinho, Barro Vermelho e Norival Carvalho também recorrem à unidade que teve os leitos desativados pelo governo da prefeita Lívia Bello, a Lívia de Chiquinho.
O pastor cobra um posicionamento do governo e questiona o destino dos repasses para a Hospital que sofre também com a falta de manutenção. Ele diz que a unidade é um elefante branco e se disse indignado com o fechamento dos leitos. O pastor também cobra que a população se mobilize contra o que chama afronta a saúde pública.

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook